Glossário da Análise de Pontos de Função


Glossário sobre Análise de Pontos de Função

FATTO Consultoria e Sistemas - www.fattocs.com

Este glossário foi compilado pela FATTO com termos usados no Manual de Práticas de Contagem do IFPUG, versão 4.3, e complementados com outros termos comumente usados pelos praticantes da APF.

Navegar usando este índice

A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z | Todos

Página:  1  2  (Próximo)
  Todos

R

Reconhecido pelo Usuário

(Última edição: sexta, 16 Jul 2010, 09:11)

O termo reconhecido pelo usuário refere-se a requisitos definidos para processos e/ou grupos de dados que foram acordados e entendidos tanto pelo(s) usuário(s) quanto pelos desenvolvedor(es) de software. Por exemplo, usuários e desenvolvedores concordam que uma Aplicação de Recursos Humanos terá funcionalidade para manter e guardar informações do Funcionário na aplicação.

Refresh

(Última edição: quinta, 16 Nov 2006, 20:35)

O processo de recriar um conjunto de dados para fazê-lo atualizado e em sincronia com a sua fonte original. 

Reparo

(Última edição: sábado, 28 Out 2006, 21:04)

A correção de defeitos que resultaram de erros no projeto externo, projeto interno ou código. Exemplos são a falta de funções que não resultem na falha da aplicação  (erro de projeto externo) ou erros que resultem em situações de exceção não previstas (erro de código).

Requisito

(Última edição: quinta, 15 Set 2011, 16:54)
Condição ou capacidade necessária para que um stakeholder resolva um problema ou satisfaça um objetivo.
Condição ou capacidade que necessita ser satisfeita ou possuída por uma solução ou componente de solução para satisfazer um contrato, padrão, especificação ou outros documentos formais impostos.

Definição baseada no IEEE 610.12-1990: IEEE Standard Glossary of Software Engineering Terminology

Requisito Funcional

(Última edição: quinta, 11 Abr 2013, 14:54)

Subconjunto dos requisitos do usuário especificando o que o software deverá fazer em termos de tarefas e serviços.

NOTA

Os Requisitos Funcionais do Usuário incluem, mas não estão limitados a:
— transferência de dados (por exemplo: Receber dados de entrada de cliente, Enviar sinal de controle);
— transformação de dados (por exemplo: Calcular juros bancários, Derivar temperatura média);
— armazenamento de dados (por exemplo: Armazenar pedido de cliente, Registrar temperatura ambiente ao longo do tempo);
— recuperação de dados (por exemplo: Listar empregados atuais, Recuperar posição de aeronave).

Requisitos do usuário que não constituem Requisitos Funcionais do Usuário incluem, mas não estão limitados aos seguintes:
— restrições de qualidade (por exemplo: usabilidade, confiabilidade, eficiência e portabilidade);
— restrições organizacionais (por exemplo: locais para operação, hardware-alvo e conformidade com os padrões);
— restrições ambientais (por exemplo: interoperabilidade, segurança e privacidade);
— restrições de implementação (por exemplo: linguagem de desenvolvimento, prazo para entrega).

[ISO/IEC 14143-1:2007, definition 3.8]

Requisitos Funcionais Finais

(Última edição: terça, 6 Abr 2010, 08:49)
São os requisitos originados de sessões conjuntas entre usuários e desenvolvedores. São a versão final dos requisitos e apresentam as seguintes características: linguagem comum aos usuários e desenvolvedores, completos, consistentes, viáveis e aprovados pelo usuário

Requisitos Iniciais do Usuário

(Última edição: terça, 6 Abr 2010, 08:43)
Representam os requisitos dos usuários antes das sessões entre os
usuários e os desenvolvedores. Eles podem ter as seguintes características: incompletos, inviáveis de implementar, muito genérico, expresso na linguagem familiar ao negócio do usuário.

Requisitos não Funcionais

(Última edição: quinta, 15 Set 2011, 17:13)
Os requisitos não funcionais descrevem condições de ambiente sob as quais a solução deve funcionar, bem como atributos de qualidade da solução. Em suma, abordam COMO as funcionalidades serão oferecidas ao usuário.

Usualmente são organizados em Categorias (ISO/IEC 9126, FURPS e FURPS+), pelas quais, através de suas características, fornecem o suporte para elicitação dos Requisitos Não Funcionais.

A ISO/IEC 14143 não oferece definição para Requisito Não-Funcional do Usuário, mas apresenta alguns exemplos em uma nota.

Exemplos de requisitos do usuário que são Requisitos Não-Funcionais do Usuário incluem, mas não estão limitados aos seguintes:
  • Restrições de qualidade (por exemplo, usabilidade, confiabilidade, eficiência e portabilidade)
  • Restrições Organizacionais (por exemplo, locais de operação, hardware alvo e aderência a padrões)
  • Restrições Ambientais (por exemplo, interoperabilidade, segurança, privacidade e sigilo)
  • Restrições de Implementação (por exemplo, linguagem de desenvolvimento, cronograma de entrega)

Requisitos Técnicos Iniciais

(Última edição: terça, 6 Abr 2010, 08:46)
Representam a visão dos desenvolvedores de software dos requisitos criados a partir do estudo de viabilidade. Um trabalho dos
desenvolvedores de software, dentre outros, é organizar os requisitos dentro das aplicações existentes, se existirem. Os Requisitos Técnicos Iniciais podem incluir elementos necessários para a implementação, mas não são utilizados na contagem de pontos de função. Por isso podem ter as seguinte características: dependência tecnológica, linguagem não familiar ao usuário, nem sempre aderente às necessidades do usuário.

Retorno sobre o Investimento

(Última edição: quinta, 22 Abr 2010, 13:51)
Em finanças, retorno sobre investimento (em inglês, return on investment ou ROI), também chamado taxa de retorno (em inglês, rate of return ou ROR), taxa de lucro ou simplesmente retorno, é a relação entre o dinheiro ganho ou perdido através de um investimento, e o montante de dinheiro investido.

Página:  1  2  (Próximo)
  Todos